INSPIRE-SE EM 6 PEQUENAS EMPRESAS QUE SE DESTACARAM NO MERCADO

February 15, 2019

Elas começaram pequenas e se tornaram referências em suas áreas de atuação, sendo hoje conhecidos casos de sucesso. Pequenas empresas que têm muito em comum e cuja trajetória vale a pena conhecer estão reunidas aqui, neste post. Ele foi feito especialmente para inspirar você na realização do seu sonho de empreender ou a dar um salto no crescimento do seu negócio.

 

Acompanhe a leitura e descubra detalhes sobre 6 negócios que conseguiram fazer a diferença e se destacar no mercado!

 

1. Cacau Show
A história da Cacau Show é praticamente mítica, tendo a figura de seu empreendedor, Alexandre Tadeu Costa, como protagonista. Em 1988, quando Alexandre tinha apenas 17 anos, ele decidiu entrar para o ramo da alimentação, mais especificamente revendendo chocolates. E, já de cara, encontrou um desafio: recebeu uma encomenda de nada menos do que 2 mil ovos de Páscoa.

 

No entanto, ao levar tal encomenda à fábrica que o representava, acabou se deparando com um problema: a indústria não seria capaz de executar o seu pedido. Diante disso, ele não desanimou, arregaçou as mangas e partiu para a ação. A sua ideia era entregar a encomenda de qualquer maneira, nem que para isso ele mesmo tivesse que fazer toda a sua produção.

 

E assim foi: ele comprou todo o material necessário, contratou uma senhora e produziu seus primeiros chocolates. Com muito esforço e três dias de trabalho duro (nos quais a jornada estendia-se por cerca de 18 horas), atingiu o seu maior objetivo: honrar o seu compromisso com o cliente.

 

Com essa empreitada, o empresário obteve seu capital inicial — 500 dólares — e fundou a Cacau Show. Inicialmente, a empresa foi sediada na Casa Verde, em uma sala cedida pelos pais do seu idealizador.

 

Em 2001, foi inaugurada a primeira loja da marca. Um ano depois, já eram 18 pontos vendendo os chocolates Cacau Show. Daí para frente, o negócio continuou a crescer: em 2010 já eram 2 mil franquias espalhadas pelo país, que entregam um chocolate de muita qualidade, produzido em uma das 5 fábricas que funcionam sob a marca Cacau Show. No total, elas produzem cerca de 12 mil toneladas de chocolate a cada ano.

 

Entre os principais ingredientes desse fenomenal sucesso estão: determinação, eficiência e constante inovação.

 

2. Benjamim a Padaria
Nesse caso vitorioso também há uma figura lendária: a de Benjamin Abraão, seu fundador. Ele começou a trabalhar cedo, mais especificamente aos 10 anos, em 1935, como auxiliar de confeiteiro. Daí a confeiteiro chefe foi um pulo, seguido pela abertura do seu próprio estabelecimento. O primeiro negócio foi aberto em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e era um voltado a comercialização de salgados e doces.

 

Tempos depois e já com muita experiência na bagagem, o empresário mudou-se para São Paulo, onde fundou a padaria La Espanhola. Em 1976, abriu outra casa, a Padaria Barcelona. Já em 1987, concebeu mais um negócio vitorioso: a Mundo dos Pães, panificadora gourmet inaugurada por Fernando Henrique Cardoso no bairro Higienópolis, na capital paulista.

 

Tendo como carro-chefe a elevada qualidade dos seus produtos, que provocou a fidelização de sua clientela, a marca Benjamim Abraão sempre foi gerida pela família de seu fundador. Até que, recentemente, foi adquirida por um fundo administrado por dois mega empresários: Abílio Diniz e Jorge Paulo Lemann. O que mais chama atenção em sua gestão? Os produtos de qualidade diferenciada, atendimento de qualidade e inovação.

 

3. Chiquinho Sorvetes
Isaías Bernardes é o responsável pela rede de sorveterias que, em 2011, faturou mais de 45 milhões de reais. Tendo como principal atrativo o sorvete italiano, a marca Chiquinho Sorvetes é muito forte nas cidades do interior paulista: a maior parte de suas sorveterias está situada fora da capital.

 

Diversificar para se manter e crescer foi a solução encontrada por essa famosa rede. Além de ter ampliado o seu cardápio, ela também o diversificou, passando a servir bebidas quentes e fondue de chocolate. Jeito simples de fazer os negócios funcionarem a pleno vapor em todas as estações do ano.

 

Esse sucesso todo começou como a maior parte das pequenas empresas brasileiras: familiar. Em três décadas, com uma receita que caiu no gosto popular, preços competitivos e muita atenção de seu dono, a Chiquinho Sorvetes mostra muito fôlego para continuar crescendo.

 

4. Giraffas
Essa gigante brasileira, que em 2010 já contava com lojas em 128 cidades do país, começou bem pequena. Idealizada por dois jovens, Carlos Guerra e Cláudio Miccieli, a rede fast food iniciou no mundo dos negócios como uma despretensiosa lanchonete. Isso em Brasília, nos idos de 1981.

 

Após muitos altos e baixos, ela encontrou o modelo certo para sua expansão. A marca das duas girafinhas já passou a casa dos 500 milhões de dólares anuais de faturamento. Além das lojas brasileiras, foi para o exterior: Miami e Paraguai, mais precisamente. Sua fórmula para o sucesso inclui um extremo cuidado com os custos e a constante perseguição por melhorias.

 

5. Coffee Lab
Definido por sua gestora como um “laboratório”, a cafeteria Coffee Lab é sucesso de público: seu faturamento chega a ultrapassar os 100 mil reais mensais. E ele é, na maior parte, obtido com a venda de cafés, mesmo com a casa oferecendo mais itens em seu cardápio. São cerca de 500 cafés servidos todos os dias, a especialidade da casa tem várias procedências e sabores.

 

Sob a regência de Isabela Raposeiras, premiada barista brasileira, a cafeteria vai de vento em popa e a marca é sinônimo de qualidade, requinte e sofisticação. Alguns de seus segredos para alcançar — e consolidar — tal posição são: profundo domínio sobre o produto trabalhado e contínua busca pela perfeição.

 

6. Sapore
Dirigida por Daniel Mendez, a Sapore é primeira multinacional brasileira no ramo de restaurantes corporativos. Nascida de uma carência existente no mercado por esse tipo de negócio, ela serve, atualmente, mais de 1 milhão de refeições por dia.

 

Entretanto, começou pequena: seu fundador deu duro como garçom, até juntar capital suficiente e abrir seu próprio negócio. Logo, Daniel e sua empresa fizeram sucesso, seguido de perto por momentos difíceis. Mas não tanto que não pudessem ser superados.

 

Após reestruturar sua marca e contornar os problemas pelos quais ela passou, seu proprietário a tornou ainda mais competitiva. Os pilares do sucesso da Sapore são: foco no crescimento, muito planejamento e apurada análise de cada situação-problema.

 

Em todos os negócios acima elencados, é possível perceber o envolvimento de quem resolveu empreender e fez isso com muita garra. Gente que, a partir de uma pequena empresa, transformou o mundo no qual vive, gerando empregos e trazendo novas possibilidades ao mercado.

 

Essas empresas têm muito em comum. Elas conseguiram entender o que os clientes buscavam, satisfazer essa necessidade e fidelizar o seu público, tudo isso a partir da visão empreendedora de seus donos.

 

Agora que você já se inspirou a crescer ainda mais com estas histórias de pequenas empresas que se destacaram no mercado, que tal nos dizer qual o seu jeito de fazer sucesso? Deixe o seu comentário!

 

Fonte: https://www.collact.com.br/blog/inspire-se-6-pequenas-empresas-que-se-destacaram-no-mercado/

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

61 3234.6722

61 3234.5118

LIGUE JÁ

 
ESTAMOS A UMA
LIGAÇÃO DE VOCÊ
CONSULTE OS
LOCAIS DE ENTREGA
Posts Recentes

07/08/2018

18/05/2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2014 Fortes Embalagens

MANDE SUA MENSAGEM

61 3234-6722 / 3234-5118

End: SIA / SUL PAV. B 7-3 Box 10 / Ceasa - Brasília - DF